Câncer: uma doença genética

O DNA está presente em quase todas as células do nosso corpo e carrega as instruções básicas de que nossas células e tecidos precisam para funcionar corretamente. O DNA é empacotado em estruturas chamadas cromossomos.
Câncer uma doença Genética

Os Genes e o Câncer

O DNA está presente em quase todas as células do nosso corpo e carrega as instruções básicas de que nossas células e tecidos precisam para funcionar corretamente. O DNA é empacotado em estruturas chamadas cromossomos. As células da maioria das pessoas contêm 23 cromossomos diferentes que vêm em dois conjuntos idênticos – um da nossa mãe e outro do nosso pai – ou 46 cromossomos no total.

Espalhados por nossos cromossomos, existem aproximadamente 25.000 genes, que são unidades funcionais de DNA. A célula usa genes para produzir proteínas e outras substâncias necessárias para a vida. Em alguns genes, as mudanças no DNA chamadas mutações foram ligadas ao câncer.

O câncer geralmente é causado por mutações genéticas que ocorrem aleatoriamente em uma ou poucas células do corpo. Tais alterações genéticas, chamadas mutações somáticas, podem surgir como uma conseqüência natural do envelhecimento ou quando o DNA de uma célula foi danificado. Mutações adquiridas estão presentes apenas em algumas células do corpo e não são transmitidas dos pais para os filhos.

No entanto, em uma pequena porcentagem de pessoas com câncer, a doença é causada por um tipo diferente de mutação chamada mutação hereditária ou mutação da linha germinativa. Essas mutações geralmente são herdadas de um ou de ambos os pais da pessoa e estão presentes em quase todas as células do corpo. Como as mutações hereditárias estão presentes no DNA dos espermatozóides e óvulos, elas podem ser transmitidas nas famílias.

As pessoas que carregam essas mutações hereditárias não necessariamente sofrem de câncer, mas o risco de desenvolver a doença em algum momento durante a vida é superior à média.

Nos últimos anos, os cientistas descobriram uma série de mutações que podem contribuir para o risco de uma pessoa desenvolver certos tipos de câncer, incluindo câncer de mama, ovário, colorretal e próstata, além de outros tipos menos comuns de câncer.

Agora, testes genéticos estão disponíveis para avaliar mutações somáticas, aquelas que ocorrem apenas no tumor e ajudama direcionar o tratamento e para alguns tipos de câncer hereditário. Se você tem um histórico familiar de câncer ou deseja descobrir se você ou um membro da família tem uma probabilidade maior de desenvolver câncer, recomendamos que você consulte um especialista com experiência na área de câncer hereditário, avaliação de risco de cancer e aconselhamento e testes genéticos.

Compartilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Agendar consulta

Para solicitar uma consulta em nossa clínica é só utilizar o formulário abaixo.
Open chat