Prevenção

Exame de rotina para detecção de câncer ginecológico: o que você precisa saber

Exame de rotina para detecção de câncer ginecológico: o que você precisa saber

Hoje, o câncer cervical (colo do útero) é o único tipo de câncer ginecológico para o qual existe um exame de rastreamento de rotina. A falta desses exames para câncer de endométrio e ovário – outros cânceres ginecológicos comuns – torna especialmente importante que as mulheres e seus médicos estejam sintonizados com os sintomas dessas doenças. Quanto mais cedo eles forem detectados, mais bem-sucedidos poderão ser tratados.

BRCA2 e câncer de pâncreas hereditário

BRCA2 e câncer de pâncreas hereditário

O câncer de pâncreas é notório por ser difícil de tratar – e muitas vezes não é detectado até que avança além do pâncreas. Embora o tabagismo e a obesidade sejam dois fatores de risco estabelecidos que afetam essa doença, outro fator de risco pode ser a mutação no gene BRCA2, também associada ao câncer de mama e ovário.

Oncogenética e COVID-19

Oncogenética e COVID-19

Um posicionamento conjunto da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica e da Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica.

A obesidade como fator de risco para câncer: muito além da COVID-19...

A obesidade como fator de risco para câncer: muito além da COVID-19…

Recentemente, tem sido discutido a obesidade como um potencial fator de risco para complicações relacionadas a COVID-19 incluindo os indivíduos mais jovens. Mas já se sabe que ela pode ser fator de risco para outras doenças crônicas como o desenvolvimento de vários tipos de câncer e do pior resultado do tratamento daqueles que possuem o diagnóstico da doença.

Infecções e câncer: o que você deve saber

Infecções e câncer: o que você deve saber

Infecções comuns, como as que causam resfriado comum, infecções na garganta, algumas condições da pele ou doenças diarréicas, não causam câncer ou aumentam a probabilidade de ocorrência de câncer. No entanto, infecções com tipos específicos de vírus, bactérias ou parasitas podem aumentar o risco de um indivíduo para certos tipos de câncer.

Por que o risco de câncer aumenta à medida que envelhecemos?

Por que o risco de câncer aumenta à medida que envelhecemos?

A idade é o maior fator de risco para o câncer. O risco aumenta significativamente após os 50 anos e metade de todos os cânceres ocorre aos 66 anos ou mais. Segundo o National Câncer Institute nos Estados Unidos um quarto dos novos diagnósticos de câncer ocorre em pessoas de 65 a 74 anos.

Devo ser rastreado para câncer de pâncreas

Devo ser rastreado para câncer de pâncreas?

As pessoas devem ser rastreadas quanto ao câncer de pâncreas se apresentarem resultados positivos para uma mutação genética herdada ligada ao câncer ou se tiverem pelo menos dois parentes que tiveram a doença. Estudos recentes estão explorando se o aumento da acessibilidade dos testes genéticos resulta em taxas mais altas de triagem.

O Novo coronavírus - COVID-19 - e o Cancer

O Novo coronavírus (COVID-19) e o Câncer.

O Novo coronavírus, chamado SARS-CoV-2, causa a doença COVID-19, uma doença respiratória. A disseminação do COVID-19 está atrapalhando a vida – tanto para os que foram infectados pelo vírus quanto para os que não o têm – em escala global. Como em muitos problemas de saúde pública, o surto de coronavírus pode representar riscos especiais para alguns pacientes com câncer.

Agendar consulta

Para solicitar uma consulta em nossa clínica é só utilizar o formulário abaixo.
Open chat