Existe medicamento para reduzir o risco de câncer de mama?

Sim! Que tal usar medicamentos para reduzir os riscos de câncer?
Existe medicamento para reduzir o risco de câncer de mama?

Para mulheres na pré ou pós-menopausa com risco aumentado de desenvolver câncer de mama devido a um histórico familiar de câncer de mama, a chance de desenvolver câncer de mama pode ser reduzido tomando um comprimido de tamoxifeno diariamente por 5 anos. Para mulheres após a menopausa, um benefício semelhante também foi observado com comprimidos de raloxifeno e exemestano. Antes de escolher entre as opções tamoxifeno, raloxifeno ou exemestano, você deve ter uma discussão detalhada com oncogeneticista sobre os benefícios e efeitos colaterais potenciais para você especificamente, e a disponibilidade e custo desses medicamentos.

Tamoxifeno e raloxifeno são membros de uma classe de drogas chamada Moduladores Seletivos do Receptor de Estrogênio (SERMs). Eles funcionam interferindo com o efeito do hormônio feminino, estrogênio, na mama. Tamoxifeno é usado para tratar câncer de mama há muitos anos e agora também é usado em mulheres com risco aumentado de câncer de mama para diminuir suas chances de desenvolver a doença.

Um estudo americano e três estudos de pesquisa europeus examinaram a eficácia do tamoxifeno na prevenção do câncer de mama. Esses estudos incluíram mais de 25.000 mulheres, cerca de metade das quais receberam tamoxifeno e metade dos quais receberam um comprimido inativo (placebo).A evidência consistente de todos esses estudos é que o tamoxifeno, tomado diariamente durante 5 anos, previne cerca de 4 em cada 10 cânceres de mama. Esse efeito preventivo do tamoxifeno dura pelo menos 10 anos (ou seja, por 5 anos, enquanto o comprimido é tomado e durante pelo menos 5 anos).

Infelizmente, poucas mulheres com mutações BRCA1 ou BRCA2 participaram desses grandes estudos. Portanto, esses pesquisas não forneceram informações concisas sobre se o tamoxifeno é eficaz para esses mulheres. Se você tem uma mutação em BRCA1 ou BRCA2, é ainda mais importante esta discussão individualizada com o oncogeneticista.

A maioria das mulheres que tomam tamoxifeno tolera bem, mas alguma experiência efeitos colaterais. Nesses estudos citados acima, cerca de 1 em cada 10 mulheres parou tamoxifeno devido a efeitos colaterais. Se ocorrerem efeitos colaterais, é recomendado uma nova discussão para pesar riscos x benefícios de manter o uso do medicamento.

Se você tem história na família de câncer de mama e gostaria de saber se essa forma de prevenção pode ser útil para você, o primeiro passo é uma avaliação oncogenética para identificar qual o seu risco de desenvolver o câncer e qual a melhor abordagem para reduzir esse risco.

Compartilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Agendar consulta

Para solicitar uma consulta em nossa clínica é só utilizar o formulário abaixo.
Open chat